Em Caxias do Sul, Comissão da Bicicleta tem primeira reunião de 2020

Presidente da comissão, Tatiane Frizzo recebeu uma série de documentos e projetos voltados à mobilidade e uso da bicicleta | Foto: Douglas Barreto
Presidente da comissão, Tatiane Frizzo recebeu uma série de documentos e projetos voltados à mobilidade e uso da bicicleta | Foto: Douglas Barreto

A Comissão Temporária Especial pela Defesa da Bicicleta como meio de Transporte e Atividade Esportiva da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, presidida pela vereadora Tatiane Frizzo (Solidariedade), realizou a primeira reunião de 2020 nesta terça-feira (04/02). O encontro contou com a participação do ex-vereador e ciclista, Guila Sebben, que formalizou a entrega documentos referentes ao ciclismo caxiense, entre eles, projetos de lei, iniciativas populares e sugestões para a mobilidade cicloviária.

Conforme o ex-vereador, é preciso colocar novamente em pauta questões relacionadas à bicicleta. De acordo com Guila, um dos principais assuntos a serem levados adiante pela Comissão é o Fundo Municipal Cicloviário, aos moldes do Fundo Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Fundema). Segundo ele, é necessário buscar alternativas para regularizar a proposta, junto ao Executivo, a fim de obter recursos específicos para projetos que contemplem a utilização da bicicleta como modal de transporte.

“A bicicleta é parte da solução da mobilidade. Para pôr em prática o Fundo Municipal Cicloviário é necessário ter base jurídica, orçamentária e vontade política. Entendo que um percentual das multas de trânsito, por exemplo, possa ser destinado ao Fundo. Esta Comissão tem o papel importante de manter a pauta da bicicleta viva, pois as melhores cidades do mundo utilizam a bike de forma inteligente e sustentável”, destacou o ex-parlamentar.

De acordo com a presidente Tatiane Frizzo, as pautas levantadas durante a reunião serão analisadas e terão os encaminhamentos necessários. No entendimento da parlamentar, a criação do Fundo Municipal Cicloviário compete ao Executivo, mas irá, em conjunto com os demais integrantes da Comissão, estudar a viabilidade da proposta. Ela também abordou assuntos relacionados ao incentivo do cicloturismo.

“As nossas estradas do interior deveriam contemplar ciclovias ou ciclofaixas. Temos estradas ótimas no perímetro rural, porém, não há segurança para os ciclistas. Há um grande número de ciclistas que buscam roteiros turísticos no nosso Município, devido à diversidade de opções”, ressaltou a vereadora.

O encontro também debateu questões relacionadas à mobilidade urbana. Ao final do encontro, a presidente da Comissão convidou o ex-vereador a participar do Massa Crítica, evento ciclístico que ocorre na última sexta-feira do mês e para a ação que ocorrerá no dia 20 de fevereiro, em alusão ao Dia Municipal do Ciclista, comemorado no dia 25 do mesmo mês. No dia, voluntários entregarão materiais educativos no trânsito.