Câmara de Porto Alegre terá Frente Parlamentar em Defesa dos Autistas

Vereador Claudio Janta é autor da proposta
(Foto: Tonico Alvares/CMPA)
Vereador Claudio Janta é autor da proposta (Foto: Tonico Alvares/CMPA)

A Câmara Municipal de Porto Alegre terá uma Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Autistas. De autoria do vereador Claudio Janta (Solidariedade), o requerimento para a criação da nova Frente Parlamentar foi aprovado pelos vereadores durante a sessão ordinária desta segunda-feira (18/2) à tarde. De acordo com Janta, o objetivo desta Frente Parlamentar é discutir, defender e apresentar propostas legislativas que contribuam ao aprimoramento da prestação da assistência à pessoa com transtorno espectro do autismo e seus familiares e da pesquisa científica.

Além disso, explica o vereador, a Frente pretende traçar caminhos para a fiscalização ao Executivo, bem como debater o tema de forma a permitir que se possa oferecer um serviço público mais eficiente e que atenda os anseios desta parcela da sociedade que tem aumentado substancialmente nos últimos anos. “O autismo é uma síndrome complexa, tanto em nível de diagnóstico, quanto de tratamento. De acordo com diagnósticos, o autismo é uma síndrome que afeta vários aspectos da comunicação, além de influenciar também no comportamento do indivíduo”, explica Janta.

O vereador ainda cita dados atuais da Organização das Nações Unidas (ONU) segundo os quais o autismo é muito mais comum do que se pensa. Segundo esses dados, cerca de 1% da população mundial — ou um em cada 68 crianças – apresenta algum transtorno do espectro do autismo, e a ocorrência da condição neurológica tem aumentado, onde a maioria dos afetados é de crianças. “Há alguns anos, em 2013, o National Health Statistics Report publicou um estudo sobre o autismo nos Estados Unidos sugerindo que, a cada 50 crianças que nascem, uma está dentro do Transtorno do Espectro Autista (TEA).”

 

Fonte: CMPA