Caxias do Sul: Solidariedade recepciona a futura vereadora Tatiane Frizzo

Retornando ao país, Tatiane Frizzo assume cadeira de vereadora no dia 5 de fevereiro (Foto: Patrícia Cordeiro/SD)
Retornando ao país, Tatiane Frizzo assume cadeira de vereadora no dia 5 de fevereiro (Foto: Patrícia Cordeiro/SD)

Lideranças do Solidariedade estiveram reunidas na noite de segunda-feira (21) para recepcionar a nova representante do partido na Câmara Municipal de Caxias do Sul. Retornando à cidade após período de intercâmbio na Austrália, Tatiane Frizzo assume no próximo dia cinco de fevereiro a cadeira que era até então ocupada por Neri, O Carteiro, que assume como deputado estadual.

Presente na reunião realizada no plenarinho do parlamento caxiense, o presidente estadual do Solidariedade, Claudio Janta, enfatizou o papel de Caxias do Sul neste momento que marca a expansão do Solidariedade, conduzindo Neri à Assembleia Legislativa e ampliando a representação feminina em um dos maiores municípios gaúchos. “É muito bom termos mais uma mulher assumindo como vereadora do Solidariedade, sei que o partido continuará crescendo e que em 2020 nossa representação aumentará em Caxias do Sul”, manifestou.

Voz ativa na defesa de mais mulheres nos parlamentos, Tatiane também reforçou o compromisso com a continuidade do trabalho de base construído por Neri e com o fortalecimento das diretrizes do partido na região. “Irei seguir os passos do Neri, mantendo nosso gabinete de portas abertas para receber as demandas da população. Vamos crescer mais e sem perder a nossa essência”, declarou a nova parlamentar, que conta com o reconhecimento e apoio do antecessor.

Salientando que, nas eleições de 2016, “faltou muito pouco para que (Tatiane Frizzo) fosse eleita”, Neri, O Carteiro parabenizou a sucessora pelo potencial e trabalho: “confio plenamente que nosso objetivo de ajudar as pessoas será mantido pela Tati e continuarei, sempre que possível, em Caxias seguindo com nosso trabalho”.

Rosto conhecido no município, Tatiane Frizzo foi rainha da Festa da Uva em 2010, quando aprofundou a relação com causas sociais. Sua atuação política teve início ainda na trajetória acadêmica, durante o curso de Fisioterapia, quando participou do Diretório Acadêmico do Centro Universitário FSG. Foi voluntária no Hospital Pompéia, integrou os conselhos municipais de Saúde, dos Direitos das Mulheres (Comdim) e dos Direitos da Pessoa com Deficiência, além de atuar junto à condução de projetos relacionados ao cicloativismo, como o “Caxias Sobre Duas Rodas” e o “Viva Bike”, dedicados à promoção da bicicleta como modal de transporte em Caxias do Sul.