Conheça Giovane Byl, o novo secretário estadual da Juventude Solidária

Giovane Byl

Jovem da periferia de Porto Alegre, rapper, ativista e uma liderança consolidada. Assim pode ser feita uma descrição inicial do perfil de Giovane Luiz de Lima Junior, ou Giovane Byl, que assume a partir de março de 2017 a Secretaria Estadual da Juventude do Solidariedade RS.

Aos 28 anos, Byl é vereador suplente do Solidariedade na Capital Gaúcha e acredita que a renovação defendida por ele na política deve ser a força motriz para conduzir as atividades do núcleo dentro do partido.

“O momento que vivemos, de total descrédito da classe política devido aos seguidos escândalos de corrupção e mal uso do poder, paralelo ao sentimento de não ser representado pelos políticos tradicionais nos traz um desafio, mas os jovens estão se identificando com partidos que tenham propostas de renovação e que deem oportunidades. O Solidariedade tem se mostrado aberto a essa renovação e vai contra o tradicionalismo e as velhas maneiras de se fazer política”, avalia Byl.

Além de incentivar o protagonismo entre os jovens, o líder reforça que a Secretaria de Juventude deverá ter atuação direcionada ao fomento de políticas públicas. O trabalho devem contemplar prioritariamente os seguintes eixos temáticos: movimento estudantil, trabalho e renda, segurança do jovem, saúde do jovem e cultura, esporte e lazer.

Histórico

Engajado desde cedo nos movimentos sociais, Giovane Byl foi fundador, em 2010, do Movimento Jovem Mário Quintana, que leva cultura e esporte como ferramenta de inclusão aos jovens em situação de vulnerabilidade social na comunidade onde cresceu – um dos bairros mais pobres e estigmatizados com a violência em Porto Alegre. A partir daí, consolidou-se como liderança local e voz ativa em defesa de direitos.

Pelo voto popular, foi eleito conselheiro do Orçamento Participativo da região Noroeste por três vezes consecutivas e, também, escolhido por duas vezes coordenador do Orçamento Participativo de Porto Alegre, auxiliando outros líderes comunitários, associações de bairros, ONGs, escolas, clubes de mães, movimentos culturais, autoridades políticas e religiosas.

Com uma trajetória de luta em busca da transformação social e comprometido com a qualificação das estruturas, serviços e espaços públicos, sem esquecer as bandeiras do esporte e cultura, Giovane Byl candidatou-se a vereador nas eleições municipais de 2016. Sagrou-se primeiro suplente do Solidariedade na Câmara Municipal de Porto Alegre.