Convenção do Solidariedade oficializa apoio a Jairo Jorge e lança Sandra Weber ao Senado

convenção2018

Com o tema “O Rio Grande que a gente quer e o Brasil que a gente precisa”, a Convenção Estadual do Solidariedade lotou o plenário principal da Câmara Municipal de Porto Alegre neste domingo (29). Além de lançar o presidente Clàudio Janta a deputado federal e oficializar a nominata de 67 candidatos a deputado estadual, o partido confirmou o apoio a Jairo Jorge (PDT) e a indicação da Dra. Sandra Weber, vice-presidente estadual do Solidariedade, para a vaga ao Senado.

Ex-vereadora de São Gabriel, onde também já foi vice-prefeita e secretária municipal de Saúde, Sandra Weber frisou em seu discurso a confiança na construção do projeto apresentado pelos partidos. “Estou aqui porque confio no meu partido e porque confio em Jairo Jorge. Política é tudo e essa gente está aqui para trazer o resgate que nós precisamos, através de uma candidatura vitoriosa para o bem de todos – para o bem do Rio Grande e para o futuro do país”, manifestou.

Salientando a trajetória do Solidariedade e a expectativa do partido em consolidar a composição de bancada nos parlamentos estadual e federal, o presidente Clàudio Janta reforçou que a identificação com Jairo Jorge sempre foi reconhecida pelo partido, coroando a decisão. “Buscamos garantir a melhor coligação para concretizar o projeto partidário que vem sendo construído há quatro anos e que passa pela eleição de, pelo menos, dois deputados estaduais e um representante na Câmara Federal. Teremos a felicidade de viabilizar essa construção ao lado de um grande gestor e de um projeto que alinha quem trabalha e produz, que coloca o capital e o trabalho a serviço do Rio Grande”, declarou.

Encerrando as manifestações, Jairo Jorge reforçou que a experiência como um de seus pontos fortes, salientando a atuação como secretário executivo do Ministério da Educação, onde também foi ministro interino, participando da condução de grandes programas, como o Prouni. À frente da Prefeitura Municipal de Canoas, enfatizou a aprovação de quem foi eleito com 71% dos votos e encerrou a gestão com 77,8% da aprovação dos canoenses. “Eu tive a honra de ser o prefeito mais bem avaliado do Rio Grande porque fui um prefeito inovador e realizador, que olhou para o seu povo e não se acomodou”, manifestou, salientando iniciativas na saúde e a aquisição de uniformes e materiais escolares para os alunos da rede municipal.

Em relação ao clima da campanha, declarou que não irá tecer ataques e condenou as práticas da “velha política”. “Ao invés de atirar pedras, ferir e destruir, eu os convido: vamos usar essas pedras para construir os alicerces do futuro que desejamos! Uma campanha olhando para frente e não para trás, chega de lamúrias e lamentações, de prefeito e governador colocando a culpa nos outros”, conclamou.

A candidatura de Clàudio Janta também foi aclamada pelo pedetista. “Os porto-alegrenses têm orgulho de ter Clàudio Janta nesta tribuna, na Câmara Municipal, mas precisam de mais: precisam dele na Câmara Federal”.

O ato político foi encerrado com uma chuva de balões azuis e laranja e uma última apresentação da bateria da Escola de Samba União da Tinga, que participou com animadas intervenções ao longo da convenção. Participaram do ato o candidato a vice-governador Cláudio Bier (PV) e lideranças dos demais partidos que integram a Frente Rio Grande tem Solução – Avante, Podemos, PPL e PMB.