Deputado Neri, o Carteiro protocola projeto que visa priorizar o atendimento de pessoas com diabetes

Medida se aplica a instituições de saúde quando da realização de exames em jejum / Foto: Gabriel Rodrigues
Medida se aplica a instituições de saúde quando da realização de exames em jejum / Foto: Gabriel Rodrigues

O deputado estadual Neri, o Carteiro (SOLIDARIEDADE) protocolou na Assembleia Legislativa o PL 139/2019, que dispõe sobre a prioridade no atendimento às pessoas com diabetes em instituições de saúde. A proposta garante o atendimento preferencial quando o paciente necessite realizar exames em jejum.

Para Neri, o projeto busca reduzir o tempo de espera dos pacientes diabéticos para que não fiquem muito tempo aguardando em filas. Neri aponta que a sugestão da proposta veio de pacientes que relataram a dificuldade de permanecer muitas horas sem se alimentar: “Precisamos priorizar o atendimento destas pessoas pois a espera provoca sofrimento nos diabéticos. A falta de glicose no organismo pode acarretar em complicações como desmaios, tonturas e fraqueza, além da falta de oxigenação no cérebro”, disse o parlamentar.

Para se ter uma ideia do impacto do projeto, de acordo com dados do Instituto da Criança com Diabetes (ICD) são mais de 700 mil pessoas portadoras de diabetes no estado do Rio Grande do Sul. No Brasil, são 14,3 milhões de diabéticos, o que coloca o país na terceira posição mundial com crianças do tipo 1 da doença.