Envelhecimento da população gaúcha na mira de políticas públicas

Lélio Falcão, durante apresentação do documento
Lélio Falcão, durante apresentação do documento

A inserção da pauta da população idosa na agenda dos postulantes ao governo do Estado do Rio Grande do Sul tem sido uma preocupação da Secretaria dos Aposentados, Pensionistas e Idosos do Solidariedade. Presidente do GT Idosos da Comissão de Segurança e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa do Estado e do GEAD Políticas para Idosos do Fórum Democrático de Desenvolvimento Regional, o secretário Lélio Falcão fez a apresentação de documento endereçado aos pré-candidatos, durante evento realizado na Fenadoce, em Pelotas.

Considerando a “árdua tarefa de executar ações para o envelhecimento bem sucedido da população gaúcha”, o documento reúne um compilado do marco teórico e dos debates que tem norteado as discussões em torno da pauta.

“Esperamos que o governo amplie significativamente o olhar, as ações e o comprometimento com esta importante parcela da população gaúcha, hoje com mais 60 anos e com expectativa de alcançar os longevos 100 anos de vida. Temos a confiança de que políticas e ações relevantes são o modo como o governo do Estado pode e deve tratar aqueles que representam trabalhadores, empresários, administradores públicos”, manifestou.