Nota do Solidariedade-RS: Democracia sem exceções

nota

Em face do anúncio de renúncia do deputado federal reeleito Jean Wyllys (PSOL-RJ) ao mandato e saída do país em decorrência de ameaças, manifestamos solidariedade ao parlamentar alertamos para a necessidade urgente de restauração das garantias constitucionais previstas no Estado Democrático de Direito. Como partido político, entendemos que não pode haver, sob hipótese alguma, ambiente de conivência com nenhuma forma de perseguição ou condutas criminosas que se utilizam de métodos antidemocráticos para atacar, coagir e calar.

Conscientes e observantes aos preceitos democráticos e constitucionais que regem a sociedade brasileira, reforçamos que todos os agentes políticos, principalmente os democraticamente eleitos, têm o dever de defender a integridade dos seus componentes e representantes, independente da sigla ou campo político ao qual pertençam. a mesma forma, fazemos coro para que sejam tomadas as providências necessárias nas esferas competentes, para que a violência e criminalidade, tão denunciadas pelo povo brasileiro, sejam combatidas, jamais institucionalizadas ou abrandadas.

Solidariedade RS