Porto Alegre celebra um ano de ampliação do atendimento em postos de saúde

Vereador Clàudio Janta, autor da Lei que determina ampliação do atendimento na Capital, durante a inauguração do novo turno, em 2017
Vereador Clàudio Janta, autor da Lei que determina ampliação do atendimento na Capital, durante a inauguração do novo turno, em 2017

Neste fim de semana a Unidade Básica de Saúde São Carlos, situada junto ao terminal Antônio de Carvalho, na zona Leste de Porto Alegre, completa o primeiro ano da ampliação do horário de atendimento, que passou a oferecer acesso universal aos usuários, até as 22 horas. Desde o dia 24 de março de 2017, o posto de saúde presta atendimento ao público em geral, durante a noite, por ordem  de chegada. Este foi o primeiro posto de saúde a implementar a ampliação do atendimento, de acordo com a emenda à Lei Orgânica originada do projeto dos “Postos de Saúde 24 horas”, aprovado pelo vereador Clàudio Janta, na Câmara Municipal.

A iniciativa foi originada de um abaixo-assinado que mobilizou mais de 100 mil pessoas, pedindo a ampliação do horário de atendimento nas unidades básicas. O projeto foi aprovado em segundo turno de votação em 2016, levando à promulgação da emenda nº 42 à Lei Orgânica de Porto Alegre, que determina a implementação progressiva da universalização do acesso aos serviços de saúde, visando a prestação de atendimento 24 horas nas unidades básicas.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a média mensal é de 2,3 mil consultas médicas no horário estendido da UBS São Carlos, totalizando 11 mil atendimentos em um ano. Somado ao Centro de Saúde Modelo, que também conta com o novo turno de atendimento, foram 26 mil consultas médicas, somente no terceiro turno, com uma média de resolutividade de 88% – isto é, sem a necessidade de retornar à unidade para uma nova consulta.