Solidariedade define independência nas eleições presidenciais

Executiva nacional do Solidariedade reunida em São Paulo
Executiva nacional do Solidariedade reunida em São Paulo

O Solidariedade realizou, na última quarta-feira (10), em São Paulo, reunião com a executiva nacional do partido para avaliação dos resultados e definição dos rumos a serem seguidos pelo partido no segundo turno. Optando pela independência, o partido autorizou os diretórios estaduais da sigla e os seus filiados a se posicionarem de acordo com a realidade local dos Estados, desde que assegurado o compromisso público de obediência à Constituição vigente e compromisso com a democracia.

Membro da executiva nacional, o presidente estadual do Solidariedade RS, Clàudio Janta, avalia que diante do acirramento da polarização nas eleições presidenciais, a decisão contempla as diferentes posições em relação ao cenário nacional. “Vamos manter a nossa posição em favor da defesa da Constituição, da democracia, liberdade e soberania nacional do Estado de Direito”, destacou.

Em relação ao segundo turno das eleições estaduais, disputadas por Eduardo Leite (PSDB) e José Ivo Sartori (PMDB), a expectativa é de que até o início da próxima semana o partido defina apoio a uma das chapas.