Tatiane Frizzo recebe grupo de mães que reivindica atendimento multidisciplinar ao TEA

Parlamentar encaminhará solicitação ao Poder Público | Foto: Douglas Barreto
Parlamentar encaminhará solicitação ao Poder Público | Foto: Douglas Barreto

A vereadora Tatiane Frizzo (Solidariedade) recebeu em seu gabinete um grupo de mães, nesta segunda-feira (25). As seis mulheres apresentaram à parlamentar, as dificuldades em realizar atendimentos multidisciplinares aos seus filhos, que possuem Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Conforme as mães, as crianças eram atendidas, até dezembro de 2018, na Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Farroupilha (AMAFA). A instituição informou aos familiares que o serviço seria finalizado para as crianças caxienses, devido a falta de regulamentação com Caxias do Sul.

Após o encerramento das atividades no município farroupilhense, a maioria dos autistas caxienses estão sendo atendidos de forma particular, segundo o grupo de mães. Elas também relataram que há uma longa fila de espera para atendimentos, como equoterapia, por exemplo. A demora por atendimento e a falta de eficiência das consultas está causando regresso educacional e físico das crianças, segundo as famílias. Nesse contexto, o grupo de mães está reivindicando o retorno dos filhos à AMAFA.

Atenta às demandas da comunidade, Tatiane Frizzo, informou as mães, que as crianças só poderão ser atendidas novamente pela instituição, por meio de um convênio entre o Poder Público e a Associação, nos mesmos parâmetros de cidades da região, como Carlos Barbosa.

No começo de outubro desse ano, a vereadora esteve na Fundação de Assistência Social de Caxias do Sul (FAS), na busca por soluções para atendimentos multidisciplinares para pessoas com autismo.

A expectativa é que ocorra uma reunião com a Secretaria Municipal da Educação, no início de 2020, a fim de verificar a possibilidade de convênio.