A culpa não é do trabalhador

Claudio Janta ceuClaudio Janta ceu

A agenda dos trabalhadores não emerge neste 1º de maio pela tradicional perspectiva do resgate de conquistas históricas ou de conclamação ao avanço de uma pauta trabalhista. Aliás, nos últimos anos vivemos uma “antipauta”, centrada não na construção de direitos e garantias, mas na resistência a mudanças impostas, que atendem a múltiplos interesses, exceto...

Continue lendo